PASTOR DANTAS, Cancrópolis, de João da Silva

26/12/2012

pastordantas

Este personagem já é o da minha preferência. Não há vida sem perversão. Jamais um touro beijou a teta da vaca. Nem a vaca e o touro ficaram apaixonados. E o proletariado quer foder. Nem só de pão vive o homem. E a obra de arte, qualquer delas, é uma forma de sublimação dos instintos. As religiões também. Sem remorso, sem culpa, nem mesmo haveria cultura. O Pastor Dantas é um de nós. Que ela seja velho, gordo e careca também faz dele um dos nossos. Enganar, perverter, mentir é matéria da obra de arte.

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

links

Cancrópolis, de João da Silva


terceirização coletivo Miséria

14/09/2010



terceirização coletivo Miséria 004

Upload feito originalmente por Jornal do Porão

Coletivo Miséria. Fotos feitas a partir da tela do computador. Não deixem de prestar atenção ao seu lado. O coletivo Miséria faz a revista Miséria algo inédito e de grande fôlego, na Unicamp. Quem diria, a Unicamp produz uma revista independente e instigante. A Unicamp sai da mesmice cultural com a Revista Miséria. A revista Miséria vê misérias e mazelas. Os caras têm olhos e coração. Eles viraram as costas para a “delinquência acadêmica”. Eles se recusarm a ser “bagrinhos”. Se recusaram “homens dispositivos”, como se tornou o autor da da expressão. A revista miséria é uma revista de recusa. E por estar de coração aberto, olhos livres, estão neste movimento e estarão na escada do IFCH e nas atividades de combate à escravização.




terceirização coletivo Miséria 006

Upload feito originalmente por Jornal do Porão