quem está vivo e quem está morto

07/04/2010


No Maranhão, propriedade particular de José Sarney, ou José Ribamar, que adotou Sir Ney, com pronúncia da inglaterra, para homenagear o capataz da fazenda onde o pai dele trabalhava (a subserviência, a tacanhez até no nome); José Sarney é nome de ponte, viaduto, rua e avenida. Assim também na Bahia, antigo feudo do coronel da mídia Antônio Carlos Magalhães. A moda parece que chegou até a Unicamp. O manchete podia ser também O PT E O NOVO CORONELISMO ACADÊMICO (sindical também).

PS. Faça parte da lista de e-mails do jornal do Porão, mariomartinsdelima53@gmail.com