jazz – Jeanne Lee: “dona de uma sublime voz de contralto”

Jeane Lee - ConspiracyPreciosidade conhecida por poucos, segundo Carlos Calado(1)
“… Dona de uma sublime voz de contralto, com um timbre que parece se misturar com o ar que sai de seus pulmões, essa intérprete norte-americana… criou uma aproximação bem pessoal entre o jazz moderno e a vanguarda.”(1)


“Não foi à toa que o crítico nova-iorquino Ben Ratliff incluiu o álbum “The Newest Sound Around” (RCA/BMG, 1961), que Jeanne Lee gravou com o pianista Ran Blake, entre as 100 gravações mais importantes desse gênero, … Basta ouvir as releituras originalíssimas que ela criou para clássicos do jazz e da canção norte-americana, como “Summertime” (Gershwin & Heyward), “Laura” (Mercer & Raskin) ou “Lover Man” (Davis, Sherman & Ramirez), para se apaixonar por sua voz”(1)

…………………………………………………………………………
link

1. Música de Alma Negra, Carlos Calado, Jeanne Lee

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: